quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

RECEPTOR ESTORVA UM BATEDOR

Corredor na 3ª base, um eliminado. Apesar da Interferência cometida pelo receptor, o batedor acertou um “fly” para o jardim central (“centerfield”). O corredor saiu da base depois que o defensor apanhou a bola e pisou o “home plate”. A equipe na defensiva reclamou, alegando que o “fly” de sacrifício deveria ser anulado em razão da falta cometida pelo receptor. A reclamação é procedente?
 
Não. Quando ocorre uma jogada a despeito da Interferência da Defensiva*, o técnico da equipe na ofensiva pode comunicar ao árbitro de "home" que prefere renunciar à penalidade da Interferência (direito de o batedor ir à 1ª base)  e aceitar a jogada. Neste caso, certamente, optará pelo resultado da jogada, ignorando a Interferência.

[Beisebol – Regra 6.08 (c)]
 
(Softbol – Regra 8 – Seção 1d, Regra 8 – EFEITO – Seção 1d – 2)

*No softbol, a Interferência da Defensiva é tratada como Obstrução.

Sem comentários:

Enviar um comentário