sábado, 11 de junho de 2016

REGRA DE “INFIELD FLY”

Corredor na 1ª e 2ª base, “no out” (nenhum eliminado), rebatida “fly” em direção ao espaço entre o interbases e o defensor da 3ª base; ambos poderiam ter agarrado a bola mediante um esforço normal. Ocorre que o jardineiro esquerdo, que estava posicionado logo atrás do interbases, 'pediu' a bola e deixou-a cair, intencionalmente, após tocá-la com a luva. O árbitro da 3ª base eliminou o batedor.
 
Decisão correta. Foi aplicada a Regra 6.05 (e).
 
Para os propósitos da regra de “Infield Fly”, qualquer defensor do campo externo posicionado no campo interno deve ser considerado defensor do campo interno.
 
(Regra 2.00 “INFIELD FLY”)
 
O árbitro deve declarar um “Infield Fly”, mesmo quando a bola é apanhada por um defensor do campo externo, se, na sua opinião, ela poderia ter sido agarrada facilmente por um defensor do campo interno. Se num "Infield Fly" declarado o defensor derrubar, intencionalmente, um "fair fly", a bola continuará em jogo, a despeito das disposições da Regra 6.05 (l). A regra de "Infield Fly" terá prioridade.
 
[Comentário – Regra 2.00 (“INFIELD FLY”)]  

Sem comentários:

Enviar um comentário