quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

ARREMESSO PERIGOSO

O primeiro batedor do quinto “inning” rebateu forte e mandou a bola para fora do campo de jogo (“home run”). O primeiro arremesso ao batedor seguinte foi em direção à sua cabeça; por essa razão ele teve que se jogar ao chão rapidamente para não ser atingido. O arremessador foi expulso do jogo. O técnico da equipe na defensiva reclamou, alegando que o árbitro deveria ter advertido o arremessador em vez de expulsá-lo. Reclamou com razão?
 
Não.
 
De acordo com a Regra 8.02 (d), se o árbitro julgar que o arremessador atirou a bola, intencionalmente, no corpo do batedor, poderá tomar qualquer das seguintes medidas:
 
(1) expulsar o arremessador, ou o técnico e o arremessador, do jogo, ou
 
(2) advertir o arremessador e o técnico de ambas as equipes de que outro arremesso dessa natureza resultará na expulsão imediata desse arremessador (ou um substituto) e do técnico.

Sem comentários:

Enviar um comentário