quarta-feira, 5 de junho de 2019

BOLA ARREMESSADA TRISCA O “BAT” E VAI DIRETAMENTE DE ENCONTRO AO PROTETOR DE TÓRAX DO RECEPTOR

Corredor na 1ª base, um eliminado, “ball count” (contagem de arremessos): 2 – 2 (dois “balls” – dois “strikes”). No momento em que o arremessador –na Posição “Set”– levantou o pé livre, o corredor arrancou em direção à 2ª base (tentativa de roubo de base). O batedor tentou rebater o arremesso (‘in koona’*); a bola triscou o “bat” e foi diretamente de encontro ao protetor de tórax do receptor. Este apanhou-a no rebote, com o ‘mitto’*, e lançou rapidamente ao interbases. O corredor foi tocado pouco antes de alcançar a ‘almofada’. Ele é “out”?
Não. Deve ser declarado um “foul ball” (a bola foi do “bat” ao protetor de tórax do receptor, sem tocar primeiro a sua mão ou o seu ‘mitto’). O corredor retorna à 1ª base.
[Comentário – Regra 5.09 (a) (2), DEFINIÇÕES DE TERMOS / “FOUL TIP”]
*Arremesso ‘in koona’ é aquele colocado no canto interno da zona de “strike” do batedor. ‘In koona’ vem de “in corner” (in kóórna) = canto interno.
*‘Mitto’ vem de “mitt” (mit), um tipo especial de luva que oferece maior proteção à mão de uma pessoa. No beisebol e softbol, há luva especial para receptor <‘kyatti mitto’: vem de “catcher’s mitt” (kaetshar’s mit)>, e também para defensor da 1ª base <‘fasto mitto’: vem de “first baseman’s mitt” (farst béismaen’s mit)>.

Sem comentários:

Enviar um comentário