quarta-feira, 12 de novembro de 2014

DECISÃO PRECIPITADA DO ÁRBITRO DE "HOME"

Jogo San Diego Padres vs. Los Angeles Dodgers. Primeira metade do nono inning, placar: 5 – 6. Padres no ataque. Dois eliminados, corredor na 2ª e 3ª base, contagem de arremessos: 2 – 2. O corredor da 3ª base arranca para home aproveitando uma distração do arremessador. Este, apanhado de surpresa, faz um mau lançamento ao receptor –a bola rola em direção à cerca. O árbitro de home faz um gesto grande e declara "OUT!" (???!!!)mas  logo em seguida corrige a falha. Enquanto isso, o corredor da 2ª base também pisa o home base, em jogada apertada, e é declarado  SAFE.


Nessa jogada o árbitro deve ter desviado os olhos da bola e dado a decisão sem observar o lance até o fim.
Para decidir uma jogada de forma convincente, os árbitros
a) não devem desviar os olhos da bola enquanto uma jogada está em andamento;
b) devem
1) movimentar-se corretamente e procurar a melhor posição para observar cada jogada (no momento de dar a decisão, devem estar parados);
2) estar sempre prevenidos para as jogadas seguintes, sem, no entanto, prejulgar o resultado dos lances;
3) manifestar-se sobre as decisões tomadas, de maneira clara e segura; em lances 'apertados', devem dar ênfase na voz e no gesto (fazer gesto grande);
4) envidar todos os esforços para não errar; mas, infelizmente, erros acontecem, e podem muitas vezes prejudicar esta ou aquela equipe (quando cometerem um erro, nunca devem procurar compensá-lo, de alguma maneira, pois, assim procedendo, estarão errando novamente).
Decidindo de forma convincente, evitar-se-ão comentários desagradáveis e críticas do tipo “PERDEMOS O JOGO POR CAUSA DOS ÁRBITROS”.

Sem comentários:

Enviar um comentário