terça-feira, 18 de novembro de 2014

BOLA LANÇADA ATINGE O CAPACETE DO BATEDOR-CORREDOR

Aconteceu num jogo da Taça Brasil – 2014. Corredor na 2ª e 3ª base, um “out”. “Squeeze Play”. O arremessador apanhou a bola rebatida e, ao notar que o corredor da 3ª base já havia chegado bem perto do “home base”, lançou à 1ª base. A bola lançada acertou o capacete do batedor-corredor e desviou. Como ele (batedor-corredor) foi declarado “safe”, o técnico da equipe na defensiva reclamou. A decisão, porém, foi mantida (na opinião do árbitro da 1ª base, o batedor-corredor estava dentro da faixa de três pés quando o lançamento o atingiu). O corredor da 3ª base anotou ponto e o da 2ª base alcançou a 3ª base.
 
Se nesse lance o batedor-corredor estivesse correndo fora da faixa de três pés, ele seria eliminado (Interferência da Ofensiva), e os corredores teriam de retornar às bases que estavam ocupando no momento do arremesso.
 
Se o arremessador tivesse lançado ao receptor, e o batedor-corredor tivesse cometido a falta depois de concluído o lance no “home”, a jogada sobre o corredor da 3ª base seria válida –ele seria declarado “out” ou “safe”–, e o corredor da 2ª base teria de retornar à última base que, na opinião do árbitro, teria tocado no momento da Interferência.

[Comentário – Regra 2.00 [“INTERFERENCE” (a), vide NOTA]

Sem comentários:

Enviar um comentário