quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

ÁRBITROS SE CONSULTAM E MUDAM UMA DECISÃO DADA POR UM COMPANHEIRO

Rebatida “ground” na direção da 2ª base. O defensor da 2ª base tentou efetuar a defesa, mas não conseguiu –a bola bateu na sua luva e foi rolando para a frente; no momento em que ele deu alguns passos na direção da bola, colidiu com o corredor da 1ª base, que estava avançando à 2ª base, e foi ao solo. O árbitro da 2ª base declarou “Interferência!” e eliminou o corredor. O técnico da equipe na ofensiva reclamou. Aí os árbitros se consultaram e decidiram que o defensor cometeu Obstrução, já que, sem estar de posse da bola e sem estar em ação para apanhar a bola, estorvou o corredor. (O corredor foi autorizado a ocupar a 2ª base.) 

Se os árbitros se consultam após uma jogada e mudam uma decisão que havia sido dada por um companheiro, eles têm autoridade para tomar todas as medidas que julgarem necessárias –segundo seus critérios– para anular os resultados e as consequências da decisão anterior que estão mudando, inclusive colocando corredores onde eles acharem que deveriam estar depois da jogada se a decisão final tivesse sido tomada como a decisão inicial, ... 

[Regra 9.02 (c)]

Sem comentários:

Enviar um comentário