sábado, 26 de novembro de 2016

ARREMESSADOR SAI DO “PITCHER’S PLATE” DANDO UM PASSO PARA TRÁS COM SEU PÉ LIVRE PRIMEIRO

Corredor na 1ª base. Rebatida indefensável (“base hit”) ao jardim central (“centerfield”) empurrou o corredor à 3ª base; o batedor-corredor chegou tranquilamente à 2ª base. Concluída a jogada, o técnico da equipe na defensiva, que vira o corredor da 1ª base passar pela 2ª base, sem pisá-la, pediu “TIME” e mandou o arremessador apelar ao árbitro da 2ª base. Ele (arremessador), então, posicionou-se com os pés sobre o “pitcher’s plate” segurando a bola com ambas as mãos à frente do seu corpo, e quando o árbitro de “home” declarou “PLAY”, saiu da placa dando um passo para trás com seu pé livre e lançou à 2ª base. Foi declarado um “balk”. Decisão correta?
 
Sim. Para sair do “pitcher’s plate”, o arremessador tem de dar um passo para trás com seu pé de apoio primeiro, e não com seu pé livre.
 
[Regra 8.01 (a)]

Fonte: Metodologia de Las Reglas Oficiales de Beisbol, de Humberto Vasquez Lopes

Sem comentários:

Enviar um comentário