quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

ARREMESSADOR FLAGRADO COM SUBSTÂNCIA ESTRANHA NA CAMISA DO UNIFORME

O arremessador recebeu as senhas do receptor, com a mão encostada no peito; e repetiu esse gesto várias vezes durante um “inning”. O árbitro de “home”, ao constatar que ele havia aplicado substância estranha na camisa, expulsou-o do jogo.

Foi aplicada a Regra 8.02 (b): O arremessador não deve ter no seu corpo, ou em seu poder, qualquer substância estranha. Por violação desta regra, o arremessador deve ser expulso do jogo imediatamente; além disso, deve ser suspenso automaticamente. Nas Ligas da Associação Nacional, a suspensão automática deve ser por 10 jogos.

Sem comentários:

Enviar um comentário