quarta-feira, 23 de setembro de 2020

REGRA 5.09 (a) (8)

Um batedor é eliminado quando, após acertar uma rebatida “fair” (inclusive por meio de “bunt”), seu “bat” tem contato com a bola rebatida, em território “fair”. A bola torna-se morta e nenhum corredor pode avançar. …

Uma vez que as linhas de “foul” cruzam os “batter’s box” (área do batedor) de tal maneira que grande parte dessa área fica em território “foul”, o árbitro de “home”, quase sempre, dará ao batedor o benefício da dúvida se uma bola rebatida atinge seu “bat” duas vezes enquanto ele está ainda dentro do “batter’s box”. O mesmo acontece com bolas que atingem parte do corpo de um batedor após ter contato com seu “bat”.

Assim, raramente um árbitro elimina um batedor num caso em que é quase certo que ocorra um protesto. Em 1976, num jogo entre Mets e San Diego Padres, o árbitro de “home” John McSherry anulou uma tentativa de “bunt” de sacrifício de um novato do New York, Leon Brown, alegando que o “bat” de Brown fez contato com a bola duas vezes. O técnico do Mets, Joe Frazier, apresentou o protesto esperado, mas a reclamação foi retirada quando sua equipe ganhou o jogo por 5 – 4.

Fonte: The Rules of Baseball, de David Nemec

Sem comentários:

Enviar um comentário