sábado, 9 de junho de 2018

ALTERAÇÕES NAS REGRAS OFICIAIS DE BEISEBOL DA MLB – 2018

1) Foram suprimidos os números antigos das Regras.

2) Regra 4.08 (c)

O segundo jogo de uma rodada dupla deve começar trinta minutos depois de concluído o primeiro jogo, a não ser que um intervalo maior (que não exceda quarenta e cinco minutos) seja estabelecido pelo árbitro principal e anunciado aos técnicos oponentes ao término do primeiro jogo.

3) Regra 5.05 (a) (3)

Foi suprimido: [Comentário – Regra 2.00 (“Ball”)].

4) Regra 5.07 (b)

Quando um arremessador ocupa sua posição no início de cada “inning”, ou quando substitui outro arremessador, deve ser autorizado a efetuar arremessos preparatórios para seu receptor. Enquanto são efetuados esses arremessos, a partida fica paralisada. Uma Liga pode, por iniciativa própria, limitar o número de arremessos preparatórios e/ou pode limitar o tempo que tais arremessos podem consumir. Se, devido a uma repentina emergência, um arremessador é chamado para entrar no jogo sem qualquer oportunidade para se aquecer, o árbitro principal deve autorizar-lhe tantos arremessos quantos julgar necessários.

5) Comentário – Regra 5.09 (c) (1)

 “Retocar”, nesta regra, significa ficar em contato com sua base e iniciar a corrida a partir dessa base depois que a bola é apanhada. Não é permitido que o corredor faça aquele movimento conhecido por “flying start”, em que ele inicia a corrida de uma posição atrás de sua base, pisa a almofada e avança à base seguinte. Tal corredor deve ser declarado “out” em apelação.

6) Regra 5.10 (l)

Foi acrescentado: Arremessador é Removido do Jogo.

Visitas ao MontículoArremessador é Removido do Jogo

7) Comentário – 5.10 (l)

O técnico ou “coach” se dirige ao receptor ...

Se o técnico ou “coach” tentar burlar ...

Se o “coach” e vai ao montículo e remove ...

Um técnico faz sua primeira visita ao arremessador e depois volta pela segunda vez, no mesmo “inning”, para conversar com o mesmo arremessador enquanto o mesmo batedor está no “batter’s box”; e isso depois de ter sido advertido pelo árbitro de que tal volta não seria permitida. Num caso como esse, o técnico deve ser removido do jogo, e o arremessador tem de arremessar ao batedor até que ele seja eliminado ou chegue a uma base. Depois que o batedor é eliminado ou se torna um corredor, esse arremessador tem que ser retirado do jogo. O técnico deve ser notificado de que seu arremessador será removido do jogo depois de arremessar para um batedor, para que ele possa ter um arremessador substituto aquecido. Em tal circunstância, o árbitro concederá ao arremessador substituto um tempo que, na sua opinião, seja necessário para efetuar os arremessos preparatórios.

8) Foi acrescentado um item à Regra 5.10.

(m) Limitação do Número de Visitas ao Montículo Por Jogo.

Esta regra deve ser aplicada em jogos da “Major League”. Ligas da Associação Nacional podem adotar uma regra estabelecendo uma limitação diferente sobre o número de visitas ao montículo permitido num jogo, ou sem estabelecer limitação.

(1) Visitas ao montículo, sem uma mudança de arremessador, devem ser limitadas a seis por equipe, em nove “innings”. Para “innings” extras jogados, cada equipe deve ter direito a uma visita adicional ao montículo, por “inning”.

(2) Para os propósitos desta Regra 5.10 (m), cada vez que o técnico ou “coach” vai ao montículo para conversar com o arremessador deve-se contar uma visita. Quando um jogador deixa sua posição para conversar com o arremessador, ou um arremessador deixa o montículo para conversar com outro jogador, deve-se também contar uma visita, independentemente  de onde ocorra a visita, ou da duração da visita. Exceção: Não devem ser contadas visitas nos seguintes casos:

(A) Um batedor termina a sua vez de bater; enquanto o batedor seguinte está se posicionando no “batter’s box”, normalmente, o arremessador e um defensor conversam (sem se deslocarem de suas posições).

(B) Visitas ao montículo por defensores, para limpar sapatos (“spikes”) em dias chuvosos;

(C) Visitas ao montículo devido a um ferimento ou potencial ferimento do arremessador;

e

(D) Visitas ao montículo após o anúncio de uma substituição feita pela equipe na ofensiva.

(3) Num jogo (ou em “innings” extras) em que uma equipe tem sua cota de visitas ao montículo esgotada, o árbitro de “home” percebe que o receptor e o arremessador não se entendem sobre a direção e o tipo de arremesso a ser efetuado. Nesse caso, ele (árbitro de “home”) pode, mediante solicitação do receptor, autorizar que este faça uma visita rápida ao montículo. Entretanto, qualquer visita ao montículo feita sem essa autorização, antes de a equipe esgotar sua cota de visitas, deve ser contada.

9) Regra 6.01 (a) (11) – PENALIDADE POR INTERFERÊNCIA

Foram suprimidos: (Definições de Termos  (“Interference”)] e [Comentário – Definições de Termos (Interference”).

10) Regra 8.02 (c)

Foi acrescentado: ...  Não obstante o que foi exposto acima, a correção de um erro na contagem de “ball”/“strike” não deve ser permitida depois de efetuado um arremesso ao batedor seguinte, ou no caso do último batedor de um “inning” ou jogo, após todos os defensores do campo interno da equipe na defensiva deixarem o território “fair”.

Sem comentários:

Enviar um comentário