domingo, 26 de julho de 2020

OBSTRUÇÃO


Corredor na 3ª base, um “out”, contagem de arremessos: 2 – 0. O arremessador apanhou a bola rebatida (“ground ball”) e, ao ver o corredor fora da base, deu início a um “run-down play” (jogada de perseguição). Durante o vaivém, o corredor foi obstruído pelo receptor; e antes de ir ao solo, foi tocado pelo interbases. O árbitro da 3ª base iniciou o gesto de “out”, mas não completou; em seguida, apontou a falta cometida pelo receptor e mandou o corredor para “home”. O batedor-corredor chegou à 2ª base. O técnico da equipe na defensiva reclamou, mas a decisão foi mantida.

Veja o lance clicando aqui.

Quando ocorre uma Obstrução, o árbitro deve declarar “OBSTRUÇÃO” ou sinalizar a falta cometida pelo defensor.

Se estiver ocorrendo uma jogada sobre o corredor obstruído, ou se o batedor-corredor for obstruído antes de tocar a 1ª base, a bola ficará morta e todos os corredores avançarão, sem o risco de serem eliminados, às bases que, na opinião do árbitro, teriam alcançado se o defensor não tivesse cometido a falta. Ao corredor obstruído será concedida pelo menos uma base além da última base tocada legalmente antes da Obstrução. Os corredores precedentes que forem forçados a deixar suas bases em razão da concessão de bases por Obstrução poderão avançar, sem o risco de serem eliminados.

[Regra 6.01 (h) (1)]

Quando está sendo realizada uma jogada sobre um corredor obstruído, o árbitro deve sinalizar a Obstrução da mesma maneira que quando declara TIME”, com ambas as mãos acima da cabeça. A bola torna-se morta, imediatamente, quando o árbitro faz esse sinal; …


[Comentário – Regra 6.01 (h) (1)]

Sem comentários:

Enviar um comentário