segunda-feira, 23 de novembro de 2015

INDICAÇÃO DA CONTAGEM DE ARREMESSOS

Aconteceu num jogo do XII Campeonato Brasileiro de Beisebol Interseleção – Categria 70 Anos (Setentão)– realizado nos dias 21-22/11/2015 no Estádio Mie Nishi (Bom Retiro).

O árbitro de “home” indicou a contagem de arremessos (“ball count”) 3 – 2 (três “balls” – dois “strikes”) como se fazia antigamente, ou seja, com as duas mãos fechadas.

De acordo com a orientação que recebemos de um instrutor internacional que ministrou um curso a nossos árbitros, anos atrás, o árbitro deve indicar o “ball count” a cada três arremessos; após declarar o segundo “strike”; após declarar o terceiro “ball”; quando a contagem chega a 3 – 2; ou quando há solicitação de arremessador, receptor, batedor, técnico etc.

Quando a contagem chega a 3 – 2, a quantidade de “ball” deve ser indicada  com três dedos (de preferência com os dedos médio, anular e mindinho) da mão esquerda, e a de “strike”, com dois dedos (indicador e médio) da mão direita; nunca com as duas mãos fechadas.

Quando vai informar verbalmente a contagem de bolas, deve falar primeiro a quantidade de “ball”. Por exemplo: 1 – 2 (um “ball” – dois “strikes”). Não há necessidade de indicar “no ball” (nenhum “ball”), com a mão esquerda fechada,  ou “no strike” (nenhum “strike”), com a mão direita fechada.

Para conferir a contagem de bolas com seus companheiros, os árbitros devem comunicar-se verbalmente ou através de gesto.

Sem comentários:

Enviar um comentário