quarta-feira, 5 de agosto de 2015

INTERFERÊNCIA DO ÁRBITRO

Corredor na 1ª base. A bola rebatida na direção do espaço entre a 1ª e a 2ª bases atingiu o árbitro da 2ª base posicionado dentro do quadrilátero e desviou. O corredor chegou à 2ª base e o batedor-corredor pisou a 1ª base. Os árbitros não marcaram a Interferência cometida pelo companheiro. 

Deveriam ter declarado “TIME” e mandado o batedor à 1ª base (o corredor seria forçado a avançar à 2ª base).

Quando uma bola “fair” que não tenha tocado um defensor, incluindo o arremessador, ou não tenha passado um defensor, exceto o arremessador, atinge um árbitro, em território “fair”, a bola torna-se morta e o batedor adquire o direito de ir à 1ª base, sem o risco de ser eliminado.   

Se uma bola “fair” toca um árbitro depois de ter passado um defensor, exceto o arremessador, ou depois de ter tido contato com um defensor, incluindo o arremessador, a bola permanecem em jogo.

[Regras: 2.00 “INTERFERENCE” (c) (2), 5.09 (f), 6.08 (d)]

Sem comentários:

Enviar um comentário