segunda-feira, 6 de maio de 2013

“BAT” ESCAPA DAS MÃOS DO BATEDOR E INTERFERE NA AÇÃO DE UM DEFENSOR QUE ESTÁ TENTANDO APANHAR A BOLA REBATIDA

Dave Winfield do Angels era famoso porque, frequentemente, soltava o “bat” de suas mãos quando fazia um “swing” forte. Num jogo contra o White Sox, ele acertou um “ground” e “atirou” o “bat” em direção ao interbases Ozzie Guillen, que estava se preparando para apanhar a bola. Enquanto Guillen tentava evitar o “objeto voador”, a bola passou por ele e rolou para o jardim esquerdo. Deve ser anotado um “base hit” a Winfield?

Não; ele deve ser eliminado em razão da falta cometida (Interferência da Ofensiva). Se um “bat” inteiro é atirado para o território “fair” e interfere na ação de um defensor que está tentando fazer uma jogada, deve ser declarada uma Interferência, independentemente de o ato ter sido intencional ou não.

Suponhamos que o “bat” de Winfield tenha se quebrado durante o contato com a bola e parte dele tenha atingido Guillen; ainda que tal incidente tenha impedido que ele efetuasse a defesa, não deve ser declarada uma Interferência da Ofensiva; a jogada deve continuar.  

[Comentário - Regra 6.05 (h)]

Fonte: BIG LEAGUE Baseball PUZZLERS, de Dom Forker 

Sem comentários:

Enviar um comentário