domingo, 25 de março de 2012

DEFENSOR DERRUBA A BOLA EM “TAG PLAY”*/“FORCE PLAY”*

Jogada 1: Rebatida “ground” ao campo interno. O corredor da 2ª base, achando que seria um “base hit” (rebatida indefensável), arrancou em direção à 3ª base. O interbases, porém, conseguiu efetuar a defesa e tocou-o quando ele estava passando na sua frente.  Ocorre que, no momento do toque, a bola escapou de sua luva e foi ao solo. (O corredor chegou à 3ª base enquanto a bola continuava no chão.)

Jogada 2: Rebatida “ground” ao campo interno. O defensor da 3ª base efetuou a defesa e fez um mau lançamento à 1ª base. O defensor da 1ª base apanhou a bola, com muita dificuldade, antes de o batedor-corredor pisar a base, mas não conseguiu mantê-la firmemente segura em sua luva –a bola foi ao solo. (O batedor-corredor alcançou a base enquanto a bola continuava no chão.) 

Em ambos os casos o árbitro deve sinalizar a falha do defensor no momento em que a bola vai ao solo (apontar para a bola) e dizer com voz alta: “BOLA NO CHÃO!” ou “A BOLA CAIU!”. E quando o corredor alcança a base, deve declarar “SAFE!” e fazer o gesto correspondente.

*“TAG PLAY” (Jogada de Toque):  Para eliminar o corredor, o defensor tem de tocá-lo com a bola.

*“FORCE PLAY” (Jogada Forçada): Para eliminar o corredor, o defensor tem de tocá-lo com a bola ou tocar a base para a qual ele é obrigado a avançar.

Sem comentários:

Enviar um comentário