segunda-feira, 10 de outubro de 2022

PERDER O JOGO PROPOSITALMENTE???

 Existe alguma modalidade de esporte em que os contendores "lutam" para perder o jogo?

Embora a pergunta pareça absurda, ela tem sentido. 

Vejamos: Em virtude do sistema de campeonato adotado, surgem situações em que equipes classificadas numa chave prefiram perder um jogo, só para não terem que enfrentar determinados times de outras chaves. Então, quando elas decidem que é "vantajosa" a derrota, a ordem que seus dirigentes ditam para os atletas é perder o jogo, isto é, mandam fazer de tudo para que esse objetivo seja alcançado (vejam só que belo objetivo: perder o jogo!). Aí, passam por cima de normas de ética esportiva; ignoram a presença dos árbitros e do público; desprezam a opinião e a vontade de pelo menos alguns atletas (não é possível que todos queiram perder o jogo); enfim, exibem uma total falta de espírito esportivo e do respeito para com os próximos; uma tremenda irresponsabilidade. 

Num campeonato, duas equipes de uma  das quatro chaves chegaram à conclusão de que deveriam perder a partida. Assim, o árbitro teve que fazer um papel ridículo. O que vimos, realmente, foi uma demonstração anti-desportiva imperdoável por parte dos dirigentes e atletas, que, menosprezando o empenho e a honestidade com que o árbitro estava exercendo as suas funções, simplesmente resolveram "brincar" (perder o jogo). Foi triste ver aqueles jogadores "errando" propositalmente, de maneira tão ostensiva, tanto na defesa como no ataque. Foi lamentável e revoltante.

É certo que a tabela de jogos, da maneira como é elaborada, dá abertura para que algumas equipes ajam dessa maneira condenável, mas a verdadeira finalidade da prática de esporte deveria estar acima de tudo.

Sem comentários:

Enviar um comentário