domingo, 23 de outubro de 2022

MANUAL DE ARBITRAGEM - SISTEMA DE 4 ÁRBITROS (IBAF - INTERNATIONAL BASEBALL FEDERATION)

  SITUAÇÃO DE JOGO  5

NENHUM CORREDOR EM BASE, QUALQUER NÚMERO DE ELIMINAÇÕES, REBATIDA INDEFENSÁVEL (“HIT”) 

1. O árbitro do “home plate” observa a bola, afasta-se do receptor e dá alguns passos à frente para ter uma melhor visão da situação. Se a bola é rebatida para o campo externo, o árbitro do “home plate” pode, em princípio, ficar descontraído. A única responsabilidade que o árbitro do “home plate” tem nesta situação é uma possível jogada no “home”.

2.  O árbitro da 1ª base observa a reação do árbitro da 2ª base e a bola. Em seguida, caminha em direção à 1ª base e permanece em território “foul” para observar o batedor-corredor tocar a base. Num “hit” curto para o jardim direito, o árbitro da 1ª base continua em movimento e entra no quadrilátero se a defesa lança a bola à 1ª base para tentar eliminar o batedor-corredor.

3. O árbitro da 2ª base observa a bola e vai em direção à 2ª base para cobrir uma possível jogada sobre o batedor-corredor. Lembre-se que (1) é a posição inicial quando o batedor é destro, e (2), quando o batedor é canhoto.

4. O árbitro da 3ª base observa a reação do árbitro da 2ª base. Se a bola é rebatida para o campo externo, o árbitro da 3ª base pode permanecer perto da 3ª base e, em princípio, ficar descontraído. Se o batedor-corredor avança à 2ª base e, após ultrapassá-la, continua a corrida, o árbitro da 3ª base tem de posicionar-se para uma jogada na 3ª base, parar e observar o lance.

Sem comentários:

Enviar um comentário