sexta-feira, 25 de março de 2022

COMO ELIMINAR UM BATEDOR

As duas maneiras mais comuns de eliminar um batedor são: a) Um defensor apanha legalmente uma bola “fly” (“fair” ou “foul”). “Fly” é uma bola r ebatida que toma altura em sua trajetória para o ar.

PEGADA LEGAL (“CATCH”)

Uma pegada é legal quando um defensor apanha uma bola em voo e consegue retê-la em sua mão ou luva. Se a bola estiver apenas sustentada no(s) braço(s) do defensor, ou se a queda ao solo for evitada por alguma parte do seu corpo, equipamento ou roupa, a pegada não estará concluída até que ela seja agarrada com a mão ou luva. Uma pegada não é considerada legal se um defensor, no momento em que apanha a bola, ou imediatamente após ter contato com a bola, colide com um outro defensor ou muro, ou cai ao solo, e, em decorrência de tal colisão ou queda, derruba-a. A pegada não é legal quando uma bola “fly” que tem contato com um defensor atinge um membro da equipe na ofensiva ou um arbitro e, em seguida, é agarrada por um outro jogador da defensiva. Se o defensor apanha a bola e derruba-a no momento de fazer o lançamento, deve-se decidir que houve uma pegada legal. Para que a pegada seja considerada válida, o defensor deve reter a bola na mão ou luva por algum tempo e provar que teve controle absoluto sobre ela. Uma pegada é legal quando uma bola que tenha sido tocada por um defensor é apanhada por um outro jogador da defensiva, antes de cair ao solo.

(O defensor apanhou a bola sustentando-a no braço. A pegada não é válida.)

(O defensor apanhou a bola, mas derrubou-a ao colidir com o companheiro. Essa pegada não é válida.)

(O defensor apanhou a bola, e no momento em que estava efetuando o lançamento ela escapou de sua mão e foi ao solo. Pegada legal.)

b) O terceiro “strike” é legalmente agarrado pelo receptor.

AGARRADO LEGALMENTE

Significa que o receptor agarrou a bola antes de ela tocar o solo. Uma pegada não será legal se a bola se alojar na roupa ou equipamento do receptor, ou se ela tocar o árbitro, sendo, em seguida, apanhada pelo receptor, no rebote.

Sem comentários:

Enviar um comentário