quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

RECICLAGEM 2019

Nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2019, estivemos no Norte do Paraná, para mais uma etapa da Reciclagem.

No sábado foi a vez de Londrina-PR. Não teve Clínica, somente Reciclagem para 15 árbitros.


Agradecemos a colaboração de Cristina Kosu e Miguel Nishihara.

No domingo estivemos em Maringá-PR. Também não teve Clínica, somente Reciclagem e participaram 18 árbitros.


Agradecemos a colaboração de Haruo Kanawa, Silvio Domen, Luiz Itikawa, Walter Shimono e Juarez da Silva.

Próximas etapas da Reciclagem 2019:
Dia 09/03 - Bastos
Dias 16 e 17/03- Cooper
Dias 23 e 24/03- NBJ

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

CORREDOR COMETE INTERFERÊNCIA

Corredor na 2ª e 3ª base. A bola rebatida (“ground ball”) foi na direção do defensor da 3ª base. Este efetuou a defesa e deu início a um “run-down play”. Enquanto isso, o corredor da 2ª chegou à 3ª base. Durante o vaivém entre as bases, o corredor da 3ª, ao tentar retornar, cometeu Interferência (levantou os braços e tocou a bola lançada pelo receptor), e foi declarado “out”. O avanço do corredor da 2ª base é válido?

Não. Nenhum corredor deve avançar quando ocorre uma Interferência, e um corredor é considerado ocupante de uma determinada base enquanto não alcança legalmente a base seguinte.

[Comentário – Regra 6.01 (a) Penalidade por Interferência]

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

ARREMESSADOR E JARDINEIRO ESQUERDO SE REVEZAM NAS POSIÇÕES

Placar ao término da 2ª metade do oitavo “inning”: equipe visitante 2 x 3 equipe local. Na primeira metade do nono “inning”, a equipe local fez uma alteração; mandou o arremessador (destro) para “leftfield” (jardim esquerdo), e o jardineiro esquerdo (canhoto) foi ocupar a posição de arremessador. Depois que o novo arremessador eliminou um batedor, o técnico mandou os dois de volta para as posições anteriores. O árbitro deve permitir isso?

Sim.

Comentário – Regra 5.10 (d): Um arremessador pode mudar para outra posição somente uma vez durante o mesmo “inning”; por exemplo: o arremessador não será autorizado a assumir outra posição que não seja a de arremessador mais de uma vez no mesmo “inning”.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

CORREDOR OMITE UMA BASE NO RETORNO À BASE ORIGINAL

Corredor na 1ª base. “Fly” para as proximidades da cerca do “rightfield” (jardim direito). O corredor havia dado alguns passos em direção à 3ª base, após pisar a 2ª base, mas como o jardineiro direito apanhou a bola no ar, retornou, porém sem tocar a 2ª base. A bola foi devolvida ao defensor da 1ª base, e este deu ‘tatti’* no corredor –que estava sobre a base– e apelou ao árbitro.

O corredor é “out”.

Regra 5.06 (b) (1): Ao avançar, um corredor deve tocar a 1ª, 2ª e 3ª base e o “home base”, nessa ordem. Se for forçado a retornar, deverá tocar todas as bases em ordem inversa, a menos que a bola esteja morta sob qualquer das disposições da Regra 5.06 (c). Em tais casos, o corredor pode ir diretamente à sua base original.

Regra 5.09 (c) (2): Um corredor deve ser eliminado em apelação quando, com a bola em jogo, e enquanto avança ou retorna a uma base, não pisa cada base em ordem antes que ele, ou a base omitida, seja tocada.

*Deu ‘tatti’ no corredor = Tocou o corredor. ‘Tatti’ vem de “touch” (tâtch). É o ato de um defensor tocar um corredor com a bola firmemente segura na mão ou luva.

domingo, 24 de fevereiro de 2019

É “HOME RUN”

“Fly” na direção do “leftfield” (jardim esquerdo). O jardineiro esquerdo afastou-se e pulou para tentar efetuar a defesa. A bola desviou ao tocar sua luva e passou sobre a cerca.
Clique aqui para ver o lance (no trecho 6:08 – 6:34).
Quando uma bola “fair fly” desviada por um defensor passa sobre a cerca, em território “fair”, ao batedor é concedido um “home run”. Se, porém, a bola for desviada para um ponto com menos de 250 pés (76,20 m) do “home plate”, o batedor será autorizado a avançar somente duas bases.
[Regra 5.05 (a) (9) – vide NOTA]

sábado, 23 de fevereiro de 2019

“FOUL FLY” – DEFENSOR DEIXA A BOLA CAIR PROPOSITADAMENTE

Jogo Seattle Mariners vs. Tampa Bay Rays. Segunda metade do 13º “inning”, placar: SEA 2 X 2 TB. Corredor na 1ª e 3ª base, um eliminado, contagem de arremessos: 0 – 0. “Foul Fly” em direção ao “rightfield” (jardim direito). O jardineiro direito deixou a bola cair propositadamente (se ele a apanhasse, o corredor da 3ª base poderia fazer “tag-up”* e anotar o ponto da vitória).

*“Tag-Up” (taeg-âp) é aquele lance em que o corredor deixa a base, numa rebatida "fly", depois que um defensor apanha ou toca a bola.

Clique aqui para ver o lance (no trecho 2:15 – 2:26).

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

VISITAS AO MONTÍCULO

Segunda metade do primeiro “inning”. Corredor na 1ª e 2ª base, um “out”. O arremessador deixou o batedor ‘andar’ (“walk”). O técnico entrou no campo e conversou com ele. Quando foi declarado o segundo “ball” ao batedor seguinte,  o “pitching coach” (orientador de arremessadores) foi ao montículo para acalmá-lo.

O arremessador deve ser removido do jogo.

[Regra 5.10 (l) (2)]

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

RECICLAGEM 2019

Nos dias 16 e 17 de fevereiro de 2019, estivemos em Curitiba-PR, para a 2a etapa da Reciclagem.
No sábado fizemos a Clínica para novos árbitros e tivemos 7 participantes.
No domingo fizemos a Reciclagem e estiveram presentes 22 árbitros.
Muita chuva nos 2 dias, que prejudicaram as atividades de campo.


Agradecemos a colaboração de Gérson Trinoski (coordenador do Sul do Paraná), Tatsuo Yamaguchi (vice-presidente da AAA), Alberto Yamamoto (Diretor Técnico da CBBS) e Morio Mário Tanabe (presidente da Associação Curitibana de Beisebol e Softbol).

Próximas etapas da Reciclagem 2019:

Dia 23/02 - Londrina
Dia 24/02 - Maringá
Dia 09/03 - Bastos
Dias 16 e 17/03- Cooper
Dias 23 e 24/03- NBJ

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

QUANTOS PONTOS FORAM ANOTADOS?

“Home Run” (a bola passou sobre a cerca do jardim central) quando, com dois “outs”, as bases estavam lotadas. Os corredores pisaram o “home base”, mas o batedor-corredor foi declarado “out” por ter omitido a 3ª base. Houve apelação, e o batedor-corredor foi declarado “out” (3º “out”).

Foram anotados três pontos. A eliminação do batedor-corredor não ocorreu em jogada forçada.

[Regra 5.08 (a) – vide EXCEÇÃO (2), Comentário – Regra 5.09 (b) (6)]

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

DEFENSOR DO CAMPO EXTERNO POSICIONADO NO CAMPO INTERNO

Corredor na 3ª base, nenhum “out”. O jardineiro esquerdo posicionou-se no campo interno, entre o defensor da 3ª base e o interbases, e este deslocou-se para as proximidades da ‘almofada’ da 2ª base. Defensor do campo externo pode ficar posicionado no campo interno?

Pode. Com exceção do arremessador e do receptor, um defensor pode posicionar-se em qualquer lugar do território “fair”.

[Regra 5.02 (c) – vide NOTA]

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

OMISSÃO DE BASE

Corredor na 1ª base. Rebatida indefensável na direção do jardim central –a bola tocou o solo e pulou para outro lado da cerca (bola morta). O corredor e o batedor-corredor foram autorizados a avançar duas bases, sem o risco de serem eliminados. Quando o corredor pisou a 3ª base, o “base coach” alertou-o sobre a falha que ele cometera (omissão da 2ª base). Essa falha pode ser corrigida?

Não. Quando a bola está morta, nenhum corredor pode retornar para tocar uma base omitida, ou aquela que tenha deixado antecipadamente, depois de ter avançado e tocado uma base além daquela que omitira ou deixara ilegalmente [Regra 5.09 (c) (2) – REGRA APROVADA  (B)]. (Se a equipe na defensiva apelar na 2ª base, o corredor será eliminado.)

sábado, 16 de fevereiro de 2019

MLB – CHUTANDO A BOLA

Para visualizar clique aqui.

Quando um defensor chuta uma bola “fair” ou lançada, ela continua viva e em jogo, a menos que ela seja desviada para área de bola morta, e nesse caso devem ser concedidas duas bases ao(s) corredor(es).

Defensor chuta um "foul ball". Não há penalidade.

Corredor chuta uma bola “fair” que está rolando ao longo da linha de “foul” entre o “home plate” e a 1ª base ou entre o “home plate” e a 3ª base. Se essa bola desviar para o território “foul”, o árbitro deve decidir que a rebatida é “fair”.

Se o batedor, enquanto corre para a 1ª base após rebater um arremesso (inclusive por meio de “bunt”), chuta a bola que continua em movimento sobre o território “foul”, para desviá-la do seu curso, a bola torna-se morta; ele é eliminado e nenhum corredor pode avançar.

Se o corredor chuta a bola rebatida que continua em movimento sobre o território “foul” e desvia o seu curso, deve ser declarada uma Interferência da Ofensiva.

Se o corredor chuta, intencionalmente, uma bola rebatida ou lançada, ele deve ser eliminado em razão da falta cometida (Interferência). A bola torna-se morta e nenhum corredor pode avançar.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

CBBS – NOTÍCIA

Resultado - Qualificatório de Beisebol dos Jogos Pan Americanos 2019 (Pré Pan)
CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BEISEBOL E SOFTBOL
QUALIFICATÓRIO DE BEISEBOL DOS JOGOS PAN AMERICANOS 2019 - PRÉ PAN
Sedes: CT CBBS/Yakult, Ibiúna-SP e Estádio Mie Nishi, São Paulo-SP






























quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

RECICLAGEM 2019

Foi dada a largada para a Reciclagem 2019 para os árbitros de beisebol.
Nos dias 09 e 10 de fevereiro, estivemos em Tozan (Campinas-SP) para a 1a etapa da Reciclagem.
No sábado, fizemos a Clínica para novos árbitros. Participaram 16 pessoas, sendo 11 novos árbitros.
No domingo, teve a Reciclagem com o pessoal da Clínica e mais os árbitros veteranos. No total participaram 29 árbitros.
Próximas etapas da Reciclagem 2019:

Dias 16 e 17/02- Curitiba 
Dia 23/02 - Londrina
Dia 24/02 - Maringá
Dia 09/03 - Bastos
Dias 16 e 17/03- Cooper
Dias 23 e 24/03- NBJ




CBBS - COMUNICADO

Treinamento ISCORE 2019 Modulo Cadastro e Fechamento Campeonatos versão ONLINE

Clique aqui.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

CORREDOR CHUTA, INTENCIONALMENTE, UMA BOLA REBATIDA

Corredor na 2ª e 3ª base, um “out”. Os defensores do campo interno estavam posicionados adiantadamente. O interbases não conseguiu apanhar a bola rebatida (“ground ball”) em sua direção. O corredor da 2ª base, que estava passando atrás dele, chutou-a, intencionalmente, e chegou à 3ª base; o corredor da 3ª base pisou o “home plate”. O árbitro eliminou o corredor da 2ª base em razão da falta cometida (Interferência) e mandou o da 3ª base retornar para sua base.

Decisão correta. Foi aplicada a Regra 6.01 (a) (11).

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

BOLA REBATIDA ATINGE UM CORREDOR


Corredor na 2ª e 3ª base, um “out”. Os defensores do campo interno estão  posicionados adiantadamente. O interbases não consegue apanhar a bola rebatida (“ground ball”) em sua direção; esta atinge o corredor da 2ª base, que está passando atrás dele (nenhum outro defensor do campo interno teria possibilidade de efetuar a defesa), e desvia. O corredor da 3ª base pisa o “home plate”, e o da 2ª base chega à 3ª base. O árbitro valida a jogada.
Decisão correta, já que neste caso a bola permanece em jogo.
[Regras: 5.06 (c) (6), 6.01 (a) (11)]

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

INTERFERÊNCIA DO ESPECTADOR

Corredor na 3ª base, nenhum “out”. “Fly” para “centerfield” (jardim central). Quando o jardineiro central se posicionou na beira da cerca para efetuar a defesa, um espectador estendeu o braço para dentro do campo e, com um toque na bola, desviou-a. O corredor, que estava em contato com a base, correu para “home” e pisou a base. O árbitro eliminou o batedor em razão da Interferência do espectador e sinalizou que foi anotado ponto.

Decisão correta.

Regra 6.01 (e): Quando um espectador interfere numa jogada com qualquer bola lançada ou rebatida, a bola fica morta no momento em que ocorre a falta, e o árbitro deve impor as penalidades que, na sua opinião, anularão o ato da Interferência.

REGRA APROVADA: Se a Interferência do espectador impede, claramente, que um defensor apanhe uma bola “fly”, o árbitro deve eliminar o batedor.

(Neste caso, o árbitro decidiu que, devido à distância alcançada pela bola rebatida, o corredor teria anotado ponto após a pegada (“catch”) se não tivesse ocorrido a Interferência do espectador.)

domingo, 10 de fevereiro de 2019

É “HOME RUN”

“Fly” na direção do “centerfield” (jardim central). O jardineiro central afastou-se e tentou efetuar a defesa nas proximidades do muro; a bola caiu sobre sua cabeça e pulou para fora do campo.  

Clique aqui para ver o lance (no trecho 0:31 – 0:53).

Quando uma bola “fair fly” desviada por um defensor passa sobre o muro, em território “fair”, ao batedor é concedido um “home run”. Se, porém, a bola for desviada para um ponto com menos de 250 pés (76,20 m) do “home plate”, o batedor será autorizado a avançar somente duas bases.

[Regra 5.05 (a) (9)]

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

DURANTE UM JOGO COMEÇA A ESCURECER

Jogo num estádio com iluminação. Primeira metade do quinto “inning”, dois eliminados. Começou a escurecer.

O árbitro de “home” deve ordenar que as luzes sejam acesas sempre que, na sua opinião, a escuridão torne arriscado continuar jogando com luz natural.

[Regra 4.01 (g)]

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

RECICLAGEM PARA ÁRBITROS DE BEISEBOL


ARREMESSO ATINGE O CORREDOR NA ZONADE “STRIKE”

Corredor na 3ª e na 2ª bases, um “out”, “ball count” (contagem de arremessos): dois “strikes”. Roubo de “home”. O corredor é atingido pelo arremesso, na zona de “strike”, no momento em que chega deslizando ao “home plate”. Que decisão deve dar o árbitro?

Deve declarar o terceiro “strike” e eliminar o batedor. A bola torna-se morta e o corredor anota ponto. O corredor da 2ª base deve ser autorizado a avançar uma base, sem levar em conta se havia tentado avançar à 3ª base ou não.

[Regras: 5.06 (c) (8), 5.09 (a) (14) – vide NOTA]

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

JOGADA VÁLIDA?

Bola rebatida foi rolando para o território “foul” entre o “home base” e a 1ª base e, ao ter contato com o “bat” que o batedor deixou no chão, desviou para o território “fair”. O receptor apanhou-a e tocou o batedor, que estava a caminho da 1ª base.

A jogada não é válida.

Uma bola rebatida que, enquanto está em ou sobre território “foul”, toca o corpo de um árbitro ou jogador ou qualquer objeto estranho ao terreno natural, é “foul ball”.


[DEFINIÇÕES DE TERMOS / “FOUL BALL” (REBATIDA NULA)]

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

“FAIR BALL” OU “FOUL BALL”?

A bola rebatida foi pulando rente à linha de “foul” da 1ª base, atingiu a ‘almofada’ e rolou para o território “foul”. É “fair ball” ou “foul ball”?

Beisebol

É “fair ball”.

[DEFINIÇÕES DE TERMOS / “FAIR BALL” (REBATIDA VÁLIDA)]

No beisebol da Little League é admissível o uso de base dupla na 1ª base em todos os níveis de jogo. A metade da base deve ser de cor branca (inteiramente sobre o território “fair), e a outra metade, de cor laranja ou verde (inteiramente sobre o território “foul”). Uma bola rebatida que atinge a parte branca deve ser declarada “fair”, e aquela que atinge a parte colorida, sem ter tocado (ou pulado sobre) a parte branca antes, deve ser declarada “foul”.

[Regras: 1.06 – NOTA (2), 7.15 (a)]

Softbol

No softbol, usa-se base dupla na 1ª base. Metade da base é fixada em território “fair”, e é parte do território “fair”, e a outra metade (de cor bem diferente e contrastante), em território “foul”, e é parte do território “foul”. Uma bola rebatida que atinge a porção “fair” é declarada “fair”, e aquela que atinge somente a porção “foul” é declarada “foul”.

[Regra 5.6 (a) (i)]