quinta-feira, 31 de agosto de 2017

CORREDOR EM CONTATO COM UMA BASE ESTORVA UM DEFENSOR QUE ESTÁ TENTANDO FAZER UMA JOGADA SOBRE UMA BOLA REBATIDA

“Foul Fly” na direção da 1ª base. O corredor da 1ª base, que havia iniciado a corrida para tentar um “steal” (roubo de base), retornou deslizando, e enquanto ainda estava no chão com uma mão tocando a ‘almofada’ estorvou, involuntariamente, o defensor da 1ª base e impediu que ele efetuasse a defesa. O corredor é “out’?

Não.

Um corredor que é julgado ter estorvado um defensor que está tentando fazer uma jogada sobre uma rebatida deve ser eliminado, independente de o ato ter sido intencional ou não. Se, porém, o corredor está em contato com a base conquistada legalmente quando estorva o defensor, ele não deve ser declarado eliminado, a menos que, na opinião do árbitro, tal estorvo –independente de ter ocorrido em território “fair” ou “foul”– tenha  sido intencional. Se o estorvo for considerado intencional, o árbitro aplicará a seguinte penalidade: com menos de duas eliminações, eliminará ambos –o corredor e o batedor; com duas eliminações, eliminará o batedor.

[Comentário – Regra 7.08 (b)]

Sem comentários:

Enviar um comentário