quinta-feira, 23 de abril de 2015

ÁRBITRO DE “HOME” CONSULTA ÁRBITRO DE BASE EM APELAÇÃO SOBRE TENTATIVA DE “BUNT”

1) Batedor canhoto preparou-se para executar “bunt”, mas como o arremesso foi em direção ao seu corpo, desistiu do intento (puxou o “bat” para trás) e afastou-se; mesmo assim a bola atingiu a sua perna esquerda. Respondendo à consulta feita pelo árbitro de “home”, o árbitro da 3ª base indicou, através de gesto, que não houve tentativa de “bunt”. O batedor foi mandado à 1ª base. 
 
Se o batedor não tivesse puxado o “bat” para trás, seria declarado um “strike”; e ele teria sido eliminado se esse lance tivesse ocorrido no terceiro “strike”.


[Regras: 2.00 “STRIKE” (e), 6.05 (f), 6.08 (b), 9.02 (c)]

2) Batedor destro preparou-se para executar “bunt”, mas desistiu (puxou o "bat" para trás). O arremesso foi declarado “ball”.  O receptor solicitou  ao árbitro de “home” que consultasse um árbitro de base sobre sua decisão.  Feita a consulta, o árbitro da 1ª base confirmou que o batedor desistiu do intento de “bunt”.  O técnico da equipe na defensiva reclamou, mas a decisão “ball” foi mantida.

 
[Regras: 2.00 "BALL",   9.02 (c)]

Sem comentários:

Publicar um comentário