quinta-feira, 21 de agosto de 2014

TENTATIVA DE “BUNT” DEPOIS DE DOIS “STRIKES”

Corredor na 2ª base, nenhum eliminado, contagem de arremessos: dois “strikes”. O batedor tentou um “sacrifice bunt”* e errou; a bola  arremessada tocou o solo antes do “home plate” e foi apanhada pelo receptor. O árbitro declarou o terceiro “strike”. Como o batedor correu para a 1ª base, o técnico da equipe na defensiva reclamou, alegando que ele deveria ser declarado “out” automaticamente porque não conseguiu executar “bunt” depois de dois “strikes”. Reclamou com razão?
 
Não. Nesse caso, deve ser aplicada a Regra do Terceiro “Strike”*.
 
O batedor seria eliminado automaticamente se a bola tivesse tido contato com o “bat” e se tornado “foul ball”. O batedor seria eliminado também se a bola não tivesse tocado o solo antes de ser apanhada pelo receptor.  

[Regras: 6.05 (b) – vide Comentário – Regra 6.05 (b), 6.05 (d)]

*“Sacrifice Bunt” (“bunt” de sacrifício) é aquela jogada em que, com menos de duas eliminações, o batedor faz avançar um ou mais corredores por meio de “bunt” e é eliminado na 1ª base, ou teria sido eliminado se a defensiva não cometesse erro.

(Regra 10.08)

*Regra do Terceiro “Strike”: Sob esta regra, três “strikes” nem sempre eliminam o batedor. Se o receptor derrubar a bola (a) quando a 1ª base não está ocupada, ou (b) quando a 1ª base está ocupada, mas com dois “outs”, o batedor não será declarado “out”; ele poderá correr para a 1ª base. Para eliminá-lo, o receptor terá de tocá-lo com a bola ou lançar à 1ª base. Se, com menos de dois “outs”, o receptor derrubar a bola quando a 1ª base está ocupada, o batedor será eliminado automaticamente.  Esta regra foi criada para evitar que o receptor derrube a bola do 3º “strike” com o propósito de executar uma jogada dupla.

[Regras: 6.05 (c), 6.05 (j), 6.09 (b)]

Sem comentários:

Enviar um comentário