sábado, 5 de julho de 2014

“BALK” (19)

OUTROS CASOS EM QUE O ÁRBITRO DEVE DECLARAR UM "BALK"  
 
1) Ao tentar uma jogada sobre o corredor da 1ª ou 3ª base, o arremessador lança para o defensor da 1ª base/3ª base que está posicionado ou na frente ou atrás da “almofada” e, obviamente, não está tentando eliminar o corredor. Entretanto, não há infração se ele joga a bola  na direção da 1ª ou 3ª base nesta situação. Observe também que não há infração se ele tenta uma jogada sobre o corredor da 2ª base e lança a um defensor do campo interno que se encontra na frente ou atrás dessa base.  
 
[Regra 8.05 (b), Manual do Árbitro da N.A.P.B.L. - National Association of Professional Baseball Leagues (Regulmentos Especiais de “Balk”)]

2) O arremessador coloca o saquinho de resina na luva, com o intuito de, na opinião do árbitro, enganar o corredor.
 
[Comentário - Regra 8.05, Manual do Árbitro da N.A.P.B.L. - National Association of Professional Baseball Leagues (Regulamentos Especiais de "Balk")]
 
3) No momento em que o corredor da 3ª base está tentando anotar ponto por meio de um “squeeze play” (jogada de pressão) ou “steal” (roubo), o receptor ou qualquer outro defensor, sem estar de posse da bola, pisa o/sai à frente do “home plate”, ou toca o batedor ou o seu “bat”.
 
(Regra 7.07)

4) Um defensor esconde a bola e o arremessador  se posiciona sobre/nas proximidades do “pitcher’s plate”, ou com a placa entre suas pernas,  com o intuito de, na opinião do árbitro, enganar o corredor.
 
(Comentário – Regra 8.05)
 
5) O arremessador tenta uma jogada sobre o corredor da 1ª base  direcionando o pé livre à base após ter mudado a posição do pé de apoio sobre o “pitcher’s plate”.  Para lançar à 1ª base sem sair do “pitcher’s plate”, o arremessador pode mudar a posição do pé de apoio sobre a placa, desde que o faça ao mesmo tempo que direciona o pé livre à base.

MOVIMENTO CORRETO


 [Regra 8.05 (c) – NOTA]

Sem comentários:

Enviar um comentário