terça-feira, 10 de junho de 2014

LANCES OCORRIDOS EM JOGOS DO IX CAMPEONATO BRASILEIRO DE BEISEBOL INTERCLUBE (CATEGORIA 55 ANOS), REALIZADO NO ESTÁDI MIE NISHI

07/06/2014

Corredor na 1ª base. O arremessador lançou ao defensor da 1ª base que estava posicionado atrás da base (não estava, portanto, tentando eliminar o corredor); o árbitro da 1ª base deveria ter declarado um “balk”, mas não o fez. Nessa jogada, o arremessador não teria cometido infração se tivesse feito o lançamento diretamente à 1ª base.

[Regra 8.05 (b), Manual do Árbitro da N.A.P.B.L. – National Association of Professional Baseball Leagues (Regulmentos Especiais de “Balk”)]
 
08/06/2014
 
Jogada (1): A equipe “A” estava liderando o placar (6 – 5). Na segunda metade do 7º “inning”, a equipe “B”, com dois eliminados e contagem de arremessos em 3 – 2 (três “balls” – dois “strikes”), tinha um corredor na 3ª base. O arremesso seguinte atingiu a cabeça do batedor; o árbitro de “home” declarou um “strike” e eliminou-o. Houve reclamação da equipe na ofensiva, porém a decisão foi mantida (na opinião do árbitro, a bola teria passado na zona de “strike” se o batedor não tivesse simulado um ‘detto booru’*). Com esse “strikeout”, o jogo foi encerrado.
 
[Regra 6.08 (b) (1)]
 
*‘Detto Booru’ = “Hit by Pitch” = Lance em que o batedor atingido por um arremesso adquire o direito de ir à 1ª  base, sem o risco de ser eliminado.
 
Jogada (2): Rebatida “ground” ao espaço entre a 1ª e a 2ª bases. O defensor da 1ª base efetuou a defesa e lançou ao arremessador –que estava cobrindo a 1ª base–, mas este não fez uma pegada legal (a bola escapou da luva e ficou presa entre suas pernas); e antes de ele segurá-la com a mão ou luva, o batedor-corredor pisou a base. O árbitro declarou-o “safe”.  Houve reclamação, mas a decisão foi mantida.
 
[Regra 2.00 “CATCH” (PEGADA LEGAL)]
 
Jogada (3): Lance no “home plate”. O corredor da 3ª base chocou-se com o receptor –que havia recebido a bola lançada– antes de pisar a base. O árbitro declarou-o “out” (“tag-out”). O técnico da equipe na ofensiva reclamou, alegando que o receptor não tocara o corredor com a bola. A decisão foi mantida (o árbitro julgou que houve toque).
 
[Regra 7.08 (c)]

Sem comentários:

Enviar um comentário