sábado, 22 de março de 2014

INTERFERÊNCIA INTENCIONAL E DELIBERADA

As Regras 7.09 (f) e 7.09 (g) foram inseridas nas Regras Oficiais de Beisebol para acrescentar uma penalidade adicional quando um corredor de bases, incluindo o batedor-corredor, interfere, deliberada e intencionalmente, numa bola rebatida ou na ação de um defensor que está apanhando uma bola rebatida, para impedir que a equipe na defensiva tenha oportunidade de completar uma possível jogada dupla. Lembre-se: as regras estabelecem que é necessário que o corredor ou batedor-corredor interfira com clara intenção de atrapalhar uma jogada dupla. Um corredor que vem da 3ª base colide, propositadamente, com o receptor que está apanhando uma bola “fly”, ou um corredor da 2ª base toca uma bola “ground”, deliberadamente, ou permite que ela o atinja, para impedir uma jogada dupla; são exemplos de jogadas que devem ser punidas de acordo com estas regras.
 
A Regra 6.05 (m) foi inserida nas Regras Oficiais de Beisebol “para penalizar a equipe na ofensiva por ação deliberada, injustificada e antidesportiva de um corredor que, ao invés de tentar alcançar a base, deixa a linha de base com clara intenção de colidir com o defensor que está intermediando uma jogada dupla”. Observe a seguinte interpretação oficial:
 
Se, na opinião do árbitro, um corredor interfere, propositalmente e de forma deliberada, na ação de um defensor que está tentando apanhar uma bola lançada, ou está tentando lançar uma bola, com clara intenção de impedir que a defensiva tenha oportunidade de fazer uma jogada dupla, ele deve ser declarado eliminado por Interferência, e o batedor-corredor também deve ser eliminado em razão da falta cometida por seu companheiro de equipe.
 
Ao deslizar para uma base, o corredor deve ser capaz de alcançá-la com a mão ou pé.
 
Fonte: Manual do Árbitro da N.A.P.B.L. – National Association of Professional Baseball Leagues

Sem comentários:

Enviar um comentário