quarta-feira, 12 de março de 2014

CONCESSÃO DE BASES EM LANÇAMENTOS DESCONTROLADOS

Regra 7.05 (g)

1. Se o lançamento é a primeira jogada de um defensor do campo interno e o batedor-corredor não tiver alcançado a 1ª base quando a bola foi lançada, a concessão para todos os corredores é a partir das bases que ocupavam no momento do arremesso.

2. Se o lançamento é a primeira jogada de um defensor do campo interno e todos os corredores, incluindo o batedor-corredor, tiverem avançado uma base quando a bola foi lançada, a concessão para todos os corredores é a partir das bases que ocupavam no momento do lançamento.  

3. Se o lançamento não é a primeira jogada de um defensor do campo interno ou é feito por um defensor do campo externo, a concessão para todos os corredores é a partir das bases que ocupavam no momento do lançamento.

A Regra Aprovada da Regra Oficial 7.05 (g) estabelece que quando o primeiro lançamento é feito por um defensor do campo interno depois que corredores e batedor tiverem avançado uma base, aos corredores serão concedidas duas bases a partir das posições que ocupavam no momento do lançamento. Tal lance pode acontecer num “fly” que sobe demasiadamente. Um defensor do campo interno afasta-se para apanhar a bola, mas derruba-a (enquanto isso o batedor e os corredores avançam uma base); em seguida, ao tentar eliminar o batedor-corredor que ultrapassara a 1ª base, ele manda a bola para as arquibancadas.  Embora seja o primeiro lançamento efetuado por um defensor do campo interno, como os corredores, incluindo o batedor-corredor, haviam avançado uma base antes de a bola ser lançada, eles são autorizados a avançar duas bases a partir das bases que estavam ocupando no momento do lançamento. Antes de conceder as bases, o árbitro tem de assegurar-se de que todos os corredores haviam realmente avançado às bases seguintes antes de o lançamento ser efetuado.

A expressão “quando o lançamento descontrolado foi efetuado” significa: quando a bola realmente deixou a mão do defensor, e não quando ela atingiu o solo, passou o defensor que estava preparado para apanhá-la, ou foi para as arquibancadas e ficou fora de jogo.

Quando um corredor adquire o direito de avançar sem o risco de ser eliminado porque a bola fica fora de jogo, ele não se isenta da responsabilidade de tocar a base que lhe foi concedida e todas as bases intermediárias.

Fonte: Manual do Árbitro da N.A.P.B.L. – National Association of Professional Baseball Leagues

Sem comentários:

Enviar um comentário