quarta-feira, 19 de março de 2014

ABANDONO DO CAMINHO DA BASE

Qualquer corredor que, após alcançar a 1ª base, deixa a linha de base e vai em direção ao “dugout” ou na direção de sua posição, acreditando não haver mais jogada, poderá ser declarado eliminado se o árbitro julgar seu ato como abandono de esforço para correr as bases. Mesmo que esse corredor seja eliminado, a bola permanece em jogo em relação a qualquer outro corredor.
 
Esta regra cobre também as seguintes jogadas similares:
 
Jogada: Menos de dois “outs”, placar empatado na segunda metade do nono “inning”, corredor na 1ª base. O batedor rebate a bola para fora do campo, e com isso anotaria os pontos da vitória; o corredor da 1ª base passa a 2ª base e, achando que o quadrangular (“home run”) garante automaticamente a vitória, atravessa o quadrilátero (“diamond”) e vai em direção ao “bench”. Enquanto isso, o batedor-corredor toca todas as bases legalmente. 
 
Decisão: Neste caso, o corredor da 1ª base deve ser declarado eliminado “por ter abandonado seu esforço para tocar a base seguinte”; o batedor-corredor deve ser autorizado a continuar avançando para “home” e anotar o ponto da vitória. Se houvesse duas eliminações, a rebatida “home run” não seria válida. (Vide Regra Oficial 7.12.) Esta não é uma Jogada de Apelação (“Appeal Play”).
 
Jogada: Bases lotadas, dois eliminados, placar empatado na segunda metade do nono “inning”. O batedor rebate forte e manda a bola para fora do campo (“home run”). O corredor da 1ª base, achando que essa rebatida garante automaticamente a vitória, deixa a linha de base e vai em direção ao “dugout”. Ele é declarado eliminado antes de o corredor da 3ª base alcançar o “home plate”. Os outros corredores continuam correndo as bases e, finalmente, tocam o “home plate”.
 
Decisão: Nenhum ponto é anotado; esta é uma jogada conhecida por “time play”, isto é, o ponto é válido somente quando o corredor toca o “home plate” antes da terceira eliminação. O jogo continua na primeira metade do décimo “inning” com o placar ainda empatado.

Fonte: Manual do Árbitro da N.A.P.B.L. – National Association of Professional Baseball Leagues

Sem comentários:

Enviar um comentário