segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

CONSULTA INDEVIDA

Dois eliminados, contagem de bolas: 0 – 2 (nenhum “ball” – dois “strikes”). No arremesso seguinte o batedor interrompeu o “swing” (a bola passou para trás do receptor e foi parar no “backstop”); achando que o “bat” havia passado sobre toda a extensão do “home plate”, arrancou em direção à 1ª base, porém foi chamado de volta ao “batter’s box” pelo árbitro de “home”, que declarara “ball” ao arremesso. Não desejando desistir tão facilmente da “vantagem” obtida, recorreu ao árbitro da 1ª base e pediu a sua opinião –“ball” ou “strike”– sobre a bola arremessada. O árbitro da 1ª base deve atendê-lo ou deve ignorar a consulta?
 
Ele não deve responder à consulta. Somente o árbitro de “home” pode solicitar a decisão de um árbitro de base, num “half swing”, e isso mediante solicitação do técnico ou receptor da equipe na defensiva. A decisão “ball” dada pelo árbitro de “home” deve ser mantida.

[Comentário – Regra 9.02 (c)]

Sem comentários:

Enviar um comentário