terça-feira, 20 de agosto de 2013

RECEPTOR ESTORVA O BATEDOR

Um eliminado, corredor na 2ª base. Apesar de ter sido estorvado pelo receptor, o batedor acertou uma rebatida indefensável (“base hit”) –a bola foi parar na cerca do jardim central– e chegou à 1ª base. O corredor da 2ª base passou pela 3ª base e foi para “home”, porém foi eliminado por toque pouco antes do “home plate”. O técnico da equipe na ofensiva reivindicou o direito de optar pela penalidade da falta cometida pelo receptor. Isso deve ser permitido?
 
Não. Como o batedor-corredor chegou “safe” à 1ª base e o corredor da 2ª base avançou pelo menos uma base, a falta cometida pelo receptor não é levada em consideração. A equipe na ofensiva não tem o direito de optar; vale o resultado da jogada.  

[Beisebol – Regra 6.08 (c)]
 
(Softbol – Regra 8 – Seção 1d, Regra 8 – EFEITO – Seção 1d-3)

No softbol, a falta cometida pelo receptor é tratada como Obstrução (Regra 1 – Seção 66a), e no beisebol, como Interferência da Defensiva [Regra 2.00 “INTERFERENCE” (b)].

Sem comentários:

Enviar um comentário