sexta-feira, 26 de julho de 2013

'SHIN' DE UM TACO DE BEISEBOL ("BAT")

“Tem que acertar no ‘shin’!”, disse o “coach” da 1ª base a um batedor que rebateu um “ground” fraco ao campo interno e foi eliminado na 1ª base.
 
‘Shin’ é um termo japonês; significa cerne, centro, núcleo, miolo etc. ‘Shin’ (“sweet spot” em inglês) de um “bat” de beisebol é aquela área que fica na parte central de sua parte mais grossa; pode ser definido como a melhor parte do taco para rebater a bola arremessada, ou seja, o ponto de percussão em que o taco transmite energia máxima à bola quando ela é rebatida –uma bola rebatida com essa parte do “bat”, além de resultar em “tacada eficiente”, pode alcançar grande distância.  
 
Uma das maneiras de encontrar o ‘shin’ do “bat”:
 
1) Segurar o cabo entre o polegar e o dedo indicador, com a ponta (parte mais grossa) para baixo.  
 
2) Bater suavemente a extremidade da parte mais grossa com um martelo ou qualquer material duro e continuar dando pancadas leves em direção ao cabo; quando atingir a área do ‘shin’, sentirá uma vibração nos dedos; quando bate fora dessa área, os dedos não sentem nada, e o som da pancada é ligeiramente diferente de quando o martelo (ou outro material) toca a área do ‘shin’. 

Acertar no 'shin' = Acertar na veia (como dizem alguns).
 

Sem comentários:

Enviar um comentário