domingo, 28 de julho de 2013

LANCES OCORRIDOS EM JOGOS DO XXI CAMPEONATO BRASILEIRO DE BEISEBOL INTERSELEÇÃO – CATEGORIA 60 ANOS (SESSENTÃO), REALIZADOS NO DIA 27/07/2013

1) Corredor na 2ª base, rebatida “ground” para o campo interno. O corredor avançou à 3ª base e o batedor-corredor foi declarado “safe” na 1ª base. O defensor da 1ª base fingiu que devolveu a bola ao arremessador e escondeu-a; e no momento em que o corredor, distraidamente, saiu da base, deu ‘tatti’* nele; o árbitro declarou-o eliminado. (Enquanto ocorria isso, o arremessador estava posicionado sobre o “pitcher’s plate”.) A decisão foi aceita e o jogo prosseguiu normalmente.
 
A artimanha de esconder a bola é legal, mas como o arremessador estava sobre o “pitcher’s plate”, sem estar de posse da bola, o árbitro deveria ter declarado um “balk”.
 
[Regra 8.05 (i), Regra 8.05 – PENALIDADE, Comentário – Regra 8.05]

*Dar ‘tatti’ é tocar o corredor (ou batedor-corredor) com a bola firmemente segura na mão ou luva.
 
2) Corredor na 1ª e 2ª base, menos de dois outs, rebatida fly ao espaço entre o defensor da 3ª base e o interbases. O defensor da 3ª base deu alguns passos para trás e estendeu a luva para efetuar a defesa; a bola bateu na sua luva e foi ao solo. O árbitro da 3ª base declarou “Infield Fly!” e eliminou o batedor. A equipe na ofensiva reclamou, alegando que a regra de Infield Fly não deveria ter sido aplicada, já que o defensor teve que se afastar para tentar apanhar a bola, ou seja, não conseguiria apanhá-la com um esforço normal. O jogo ficou paralisado um instante, mas prevaleceu a decisão dada.
 
O fato de o defensor ter se afastado é irrelevante; o árbitro deve ter julgado que a bola era facilmente defensável.  
 
(Regra 2.00 “INFIELD FLY”)

Sem comentários:

Enviar um comentário