sábado, 13 de julho de 2013

“FOUL BALL” DE TRÊS BASES?

É possível um batedor adquirir o direito de avançar três bases num “foul ball”?
 
Sim, é possível. Consideremos a seguinte situação: A bola rebatida pelo batedor do White Sox foi rolando ao longo da linha da 3ª base. O receptor do Red Sox acompanhou o lance correndo sobre a linha e atirou sua luva contra a bola, que ainda continuava em movimento sobre o território “foul” –a luva teve contato com a bola. (Uma bola rebatida deve ser julgada –“fair” ou “foul”– somente depois que passa a 1ª ou a 3ª base ou para em território “fair” ou “foul”.)
 
Se um defensor atira sua luva e toca uma bola “fair”, o batedor-corredor adquire o direito de avançar três bases.
 
Certa vez, Frank Howard executou um “bunt” e rolou a bola sobre a linha da 3ª base. O defensor da 3ª base da equipe contrária estava jogando “afastado” –estava mais ou menos cinco pés dentro da grama do campo externo– como de costume.  O arremessador adiantou-se e quase conseguiu efetuar a defesa, mas a bola passou por ele. Decepcionado, atirou sua luva contra a bola que estava rolando rente à linha e atingiu-a. O árbitro concedeu a Howard um “triplo” (rebatida de três bases) automático.
 
[Regras 2.00 “FAIR BALL” e 7.05 (c)]

 Fonte: BIG LEAGUE Baseball PUZZLERS, de Dom Forker              

Sem comentários:

Enviar um comentário