sexta-feira, 20 de abril de 2012

NÃO DEVERIA SER CONCEDIDA UMA BASE EXTRA AO BATEDOR?

Corredor na 2ª base, contagem de bolas (“ball count”) sobre o batedor: 3 – 1 (três “balls” – um “strike”). No momento de soltar a bola, o arremessador desequilibrou-se e fez um arremesso descontrolado (“wild pitch”) –a bola passou sobre a cabeça do receptor e foi diretamente contra a máscara do árbitro. (A bola ficou presa na máscara.) O corredor da 2ª base foi autorizado a ir à 3ª base, e o batedor, à 1ª base. Como o batedor já havia adquirido o direito de ir à 1ª base por “ball four” (quatro “balls”), o árbitro não deveria conceder-lhe uma base extra e mandá-lo à 2ª base?

Não obstante, nessa situação, a cada corredor seja concedido o direito de avançar uma base, sem o risco de ser eliminado, o batedor pode ir somente até a 1ª base, de acordo com a Regra 7.05 (i).

Sem comentários:

Enviar um comentário